terça-feira, 19 de agosto de 2014

A falta de educação e a renda nude

Eu aturo muita coisa nessa vida, menos gente mal-educada.
Minha tolerância nesse quesito anda baixa ultimamente, pois não consigo mais escutar algumas coisas dos clientes, assistentes e aspones com quem tenho de trabalhar volta e meia. Ando tendo reações e, lógico, perdendo o cliente, porque "cliente sempre tem razão", e a gente finge que sim, até chegar num limite onde nossos brios entram em jogo.
O "causo" mais recente aconteceu numa sessão de fotos de uma revista customizada, onde fui chamada pra assinar o editorial de moda com o tema rendas nudes:
O briefing pedia um look estilo romântico em renda nude, "quase uma camisolinha"
Perdi dias catando em tudo que é loja, representante, mostruários, brechós, etc. e consegui cerca de 20 looks diferentes de acordo com o briefing, preocupada em ter vários modelos e tons de nude, do mais rosado ao mais bege, e ainda peguei uns off-whites pra garantir.As rendas eram lindas, tinha guipure, chantilly, enfim, o cliente precisava apenas de 6 looks nesse estilo, então achei que tinha feito o tema de casa. Tinha margem de escolha, nada poderia dar errado...#sqn
Na manhã das fotos, tudo pronto, modelo sendo maquiada e eu no camarim apresentando a arara de opções pro assistente do assistente do assessor do braço-direito do cliente (que tinha viajado e mandou essa criatura em seu lugar):
-Não tem mais nada, só essas coisas beges sem-graça? a pergunta veio antes do "bom dia, como vai?"
(cheguei a pensar que era brincadeira e que logo o cara diria "te peguei", mas não, era sério!)
-Bom dia! As coisas "béges e sem-graça" a que vc se refere foram solicitadas no briefing, caso vc não tenha lido-respondi, cáustica.
-Tá, mas não tem nada que não seja em renda? Um tecido liso? Outra cor? Tipo um azul, um verde...
-Tem renda com seda pura, com georgette, com chiffon, mas não tem nada liso nem em outra cor pois vcs solicitaram RENDA NUDE, estilo camisolinha...
-Quem solicitou?
-Aqui no e-mail diz Fulana de Tal, Departamento de Estilo
-Não sei quem é, não vi esse briefing e não gostei de nada!
-Essas roupas estão horrorosas!
-Horroroso é vc!
-Vou contar pra minha mãe, quer dizer, pro cliente!
-Bobalhão, bobalhão!
Se a falta de comunicação interna numa empresa chega a esse ponto, não se pode esperar que as campanhas saiam boas, né? Até pq ninguém quer assumir a responsabilidade depois, e todo mundo coloca no c.. do outro, é sempre assim! O departamento de estilo pede uma coisa, o aspone do cliente cai de páraquedas no dia do trabalho sem saber de nada e quer mudar tudo, como é que faz? Cancela a sessão? Liga pro cliente? Pra agência do cliente? Pro Departamento de Estilo? Pra Dilma?
Tudo isso foi feito naquela manhã-menos a ligação pra Dilma, o aspone conseguiu fazer a cabeça do cliente, mudaram tudo e remarcaram pro dia seguinte, só que sem mim, é claro.
Educadamente, declinei do convite ("desculpe, não tenho a data livre") mas aproveitei pra cobrar integralmente minha diária perdida, que obviamente eles tiveram de pagar, já que a trabalheira de conseguir emprestados todos aqueles looks não ia ficar assim, ora bolas!
"O cliente sempre tem razão", mas merecemos ser tratados com respeito e educação, e tb temos o direito de dizer NÃO..

8 comentários:

  1. Madi, tô bege com este aspone! Que falta de profissionalismo!
    Você fez bem em declinar do convite e claro cobrar a sua hora, hehe, agora ele que se vire pra encontrar alguém de última hora para fazer o trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tu ficou bege, eu fiquei 50 tons de bege! É dureza,minha amiga...

      Excluir
  2. Respostas
    1. Em geral eu fico quieta,mas dessa vez não deu...

      Excluir
  3. Sim, vc mandou muito bem ... sempre temos o direito de dizer NÃO! No mais PHODAM-SE os q não querem nos respeitar ...

    ResponderExcluir
  4. Isso mesmo,f...-se todos!! ahahahaha,perdi o trabalho mas não a dignidade...

    ResponderExcluir
  5. O cliente nem sempre tem razão, ainda mais quando existe falta de comunicação interna que transparece uma tremenda falta de profissionalismo. Como tem gente que leva trabalho sério como se fosse um hobby que pode ser alterado conforme a vontade da criança mimada...
    Fez bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, perdi meu tempo e o trabalho, no fim das contas, tudo pq alguém não leu o que deveria ter lido-ou talvez por esse alguém ter sido contratado,vai saber? Talvez se fosse alguém da área,e não um sub qualquer, não teria acontecido...

      Excluir

Comenta aí, ficarei muito feliz em saber tua opinião...