quarta-feira, 14 de maio de 2014

Um sorriso pra alegrar o dia!

Tem dias que dá vontade de chutar o balde e mandar tudo pro espaço...eu me sinto assim algumas vezes, desanimada, injustiçada, sem ânimo, e vcs? Ah, mas eu tenho horror a coitadismos, e não suporto ficar com peninha de mim mesma-sou lá mulher de baixar a cabeça? Não, nãããão!
Aí eu páro tudo e tento me recompor, respiro fundo, conto até 10, até 100...e vamo de novo!
Nem sempre é rápido assim, nem sempre é fácil assim, até que eu me deparo com o sorriso sincero de alguém, esmolando em uma esquina, no semáforo, bem ao lado onde parei...
"Tem uma moedinha pra mim?"
O guri não era esse, mas bem poderia ser.O sorriso era o mesmo, e ele estava lá, pedindo uma moedinha pra uma mulher com cara de bunda, de vidro fechado e achando que tudo em sua vida estava dando errado naquele dia de merda. Aquela mulher era eu, que vergonha-como comparar os meus problemas, por trás do vidro fechado, aos daquela pobre criança do lado de fora, em suas roupinhas maltrapilhas, aguardando uma palavra minha, ao menos? Nem pensei em assalto, baixei o vidro, tirei os óculos escuros e um imenso sorriso abriu-se pra mim, iluminando meu dia:
-Oi , tem uma moedinha? Nunca tenho, minha carteira vive vazia, que horror, mas eu tinha uma sacola do super com uns lanches pra escolinha do meu filho.
-Se não tiver não tem problema, viu? Fica pra próxima! 
Ele, vendo aquela mulher atrapalhada, com uma cara de louca, se debatendo e procurando moedas nos consoles, no porta-luvas, ainda tentou fazer eu me sentir melhor, me liberando da esmola...e sempre com aquele sorriso de criança, puro e sincero...Entreguei a sacolinha do super, ele espiou e agradeceu, todo faceiro:
-Puxa, isso aqui vale mais do que mil moedinhas, tia! (abstendo o "tia", aquele comentário me cortou o coração)
Não, meu filho, esse teu sorriso é que vale...

41 comentários:

  1. Muito bacana e comovente sua experiência ... Hoje o Rafael Leoni tb postou algo sobre o tema lá no Baú ... vi q vc comentou por lá ... aproveitei e desabafei e desopilei muito do q eu tinha atravessado dentro de mim ... agora venho aqui e vejo vc tb refletindo sobre este tema ... não serei repetitivo ... se puder dê uma olhada lá no meu posicionamento ...
    Hoje eu lamento muito tudo isto e fico triste ... mas tudo o q podia ter feito eu tentei durante toda a minha vida ... não faço mais nada ... estou simplesmente anestesiado para com estas coisas todas ... desculpe, vc pode até assustar e não me reconhecer, mas tudo está mais ou menos explicitado no post do Rafa ... eu quero mais é q este mundo se "foda"!

    Beijão querida e mais uma vez desculpe o desabafo e este destempero ...

    ResponderExcluir
  2. Olá Madi

    As vezes é difícil, já que vc vive um mercado super competitivo. Acredito que seja super interessante, mas ao mesmo tempo.. desgastaste.

    AMIGA DA MODA by Kinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim,levo muitas rasteiras..hehe..mas sempre me levanto!

      Excluir
  3. O dia que eu não puder oferecer uma moedinha, um biscoito, um guaraná, ou seja o que for para uma criança que pede é sinal de que não sou mais eu. Tu é das minhas, Madoca! E podem nos julgar e condenar, mas "miserável" mesmo é quem não tem mais coração, nzé?!! ;) Bjocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é,sei que a moedinha não bai adiantar nada(e haja moeda pra todos os pedintes q passam por nós nas esquinas,nas sinaleiras..)mas como ignorar uma criança,meu Deus?É triste demais, e ainda assim ele sorria..ó dó...

      Excluir
    2. O mundo tá dureza mesmo... mas pior vai ficar se a gente perder a capacidade de ser solidário, né? Beijos minha diva-musa-mor!

      Excluir
    3. Ri muito alto com "A colegial que levou pau"... hahahahaha! Bjos e ótimo findi pra ti Madilícia!!!

      Excluir
  4. Esse post era pra chorar? Pois me deu uma tremenda vontade... meus olhos encheram d'água... Tenho vontade de pegar o "menino da foto" dar um abraço bem forte e um beijo ;)

    ResponderExcluir
  5. Esse momentos fazem parte da vida Madi. Temos nossos momentos de tristeza. Quem nunca teve? Tem dias que pensamos que o mundo está contra nós e que nada dá certo. Esses súbitos desânimos e pessimismos vão embora quando pensamos bem e vemos que tem pessoas com mais problemas que a gente. Ás vezes o que precisamos é de um colo, um sorriso ou um abraço que tudo volta ao normal, e percebemos que não estamos solitários nessa jornada. Viva a vida amiga! Xô baixo-astral! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo,Israel,bora recomeçar!!!!

      Excluir
  6. É amiga, também penso assim quando esmoreço em alguns momentos!! E sinto que Deus põe essas criaturas em nossa frente justamente pra dar um chute na nossa bunda e dizer, "Olha o que você tem, e fica aí querendo desanimar...imagina essa pessoa??? E ela te sorri!", tão bom ajudar, e melhor ainda quando são esses corações puros!
    Que belo feito Madi! Adoro suas histórias reais, sem vergonhas, sem devaneios, apenas você!
    Lindo tudo, e você mais ainda!
    Muitos beijos querida!
    Bela quarta!
    Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preciso olhar pro lado de vez em qdo,pra gente se dar conta,né?Em geral,olhamos só pro nosso umbigo...

      Excluir
  7. Bonito o gesto, mas triste a situação :-(. Odeio ver crianças mendigando, ainda mais quando há um adulto por trás... bom, nestes casos é sempre melhor dar algo de comer do que dinheiro. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente os pais deviam estar escondidos lá atrás, e colocam a criança na linha de frente pra pedir,q é mais fácil,né?Terrivel isso, e é todo dia,não tem jeito...

      Excluir
  8. Eu tenho muitos desses dias. Alias, eu sou uma indagação ambulante... rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Damaaaaa,qta honta,tava com saudades..kd o blog,não dá mais pra comentar lá?

      Excluir
  9. Humanidade é o que nos resta, é o que nos conecta e redime... especialmente nos sinais de trânsito da vida. Você tem razão, o sorriso dele que não tem preço!

    ResponderExcluir
  10. Ai... Meu coracao fica em pedacinhos... =(

    ResponderExcluir
  11. De cortar o coração mesmo. Eu não aguento isso, sabe? Fico morrendo de pena, de dó, de vontade de dar o que eu tiver. Mas nem sempre eu tenho. ;___;
    {Emilie Escreve}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E esses trocados tb não resolvem,a gente sabe disso...

      Excluir
  12. Tem muitas assim nos semáforos, mas tb tem muita gente mal intencionada. Achei o gesto e a atitude muito legal, mas se fosse em SP a probabilidade de isso não ser realidade é muito alta. Eu sou cética. Digo isso por mim, qdo fui ingênua, eu fui assaltada, nas 3x.

    Kisu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah,eu pensei nisso depois,pois usam crianças como iscas para assaltos...

      Excluir
  13. Respostas
    1. Sim,Cris,dá muita pena mesmo,ninguém merece passar por isso,essa miséria,essa falta de perspectiva...q futuro terá esse guri?

      Excluir
  14. Chorei, ri, e me identifiquei profundamente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a gente tem coração,né,amiga?Dói muito ver criança nessa situação...

      Excluir
  15. Olha Madi... até entendo você, pois estava mesmo precisando de um sorriso desses... que momento sublime!
    Mas tenho que te dizer que na feirinha do ceasa daqui de conquista existem
    muitos guris iguais ao que encontrou... aqui no nordeste a necessidade
    é visível todos os dias!!!
    Sou um pouco parecido com o Bratz, a gente fica calejado!! rsrsrsrs
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é impossivel não ficar tocado com a situação dessas crianças,de todo o país,é muito triste...

      Excluir
    2. Madi... to sentindo sua ausência lá no meu blog... dá uma passadinha vai! rsrsrsrs

      Excluir
  16. Madi, essa semana ajudei um mendigo manco com sua bengala que tinha desmontado, fiquei com tanto dó dele e de mim, por ser tão reclamona e mal agradecida por tudo que tenho. Dá vontade de ajudar mais e mais, só nem sempre sabemos como. Pelo menos tu conseguiste alegrar o dia daquela criança (e encher a barriga dela).

    ResponderExcluir
  17. Madi lindaaaaaaaaa, passei para desejar um final de semana incrível!!!
    Muitos beijos
    Cris

    ResponderExcluir
  18. Querida amiga Madi, que bom que passando aqui resolvi dar uma lida no que já perdi...que maravilha te conhecer assim, humana, com os olhos abertos para o bem e se deixndoa contagiar com um sorriso, mesmo vindo de onde não se imaginaria...te admiro mais um bocado. Muito bom estar aqui.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  19. Tenho certeza de depois desse sorriso você ganhou o dia, né?
    O duro é saber quem realmente precisa.

    ResponderExcluir

Comenta aí, ficarei muito feliz em saber tua opinião...